Memórias do front: documentário retrata situação dos "pracinhas"

24/06/2020

 Imagem: print do vídeo

 

Depois de seis anos de combate na Segunda Guerra Mundial, os expedicionários, também conhecidos como pracinhas, voltaram ao Brasil sem o apoio devido. Além dos traumas, eles alegam terem sido abandonados pelo governo Getúlio Vargas, que os destituiu do exército.

 

No documentário de Dirlei dos Santos Addad, a filha de um fronte de guerra, Gleisi Cordeiro Kiche, conta as memórias do seu já falecido pai, Arthur Alves Cordeiro, que esteve na linha de frente das batalhas.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Radioweb Uninter
00:00 / 00:00

Este site foi criado em 2017 pelo curso de Bacharelado em Jornalismo do Centro Universitário Internacional.

A reprodução integral ou de parte do conteúdo é permitida desde que citada a fonte, incluindo o nome do autor e do site.

Política de privacidade