Amadorismo bem feito na cena musical independente

Ser artista independente e artista amador não são sinônimos. Trabalhar na cena underground não significa que o produto não seja feito com qualidade, pelo contrário. Pelo menos é o que estão demonstrando algumas bandas independentes de Curitiba.

O programa Nosso Rock do dia 24 de outubro recebeu Alessandro Cunha, idealizador da banda "Alienação Afrofuturista", que realiza a mistura de estilos. Ele falou um pouco sobre como é ser profissional nesse meio não muito valorizado, contando suas experiencias e expressando seu ponto de vista.

Para conferir a entrevista na íntegra, acesse a página do Nosso Rock no Facebook.

Você também pode ouvir o programa pela plataforma Nosso Rock no Mixcloud.

2 visualizações