Série sobre trabalho escravo estreia no Uninter Informa

 

 

Em dois anos, cerca de 2,5 mil pessoas foram resgatadas em situação análogas à escravidão no Brasil entre 2016 e 2018. Quatro em cada cinco pessoas resgatadas do trabalho escravo são negras, segundo dados do Governo Federal. A maior parte, jovens, nordestinos e sem escolaridade. A dura realidade de quem não é assistido pela justiça é o tema da série de reportagens "A moderna era da escravidão". O primeiro episódio foi ao ar na última edição do Uninter Informa, no dia 22 de novembro. Produzira pelo aluno de bacharelado em jornalismo, Eduardo Igor, a série busca retratar a realidade do trabalho escravo no país. 

 

A edição do UI, apresentada pelos alunos de jornalismo Douglas Miranda e Sabrina Fernandes, contou ainda com uma entrevista com um estudante curitibano de 16 anos, que criou um aplicativo para avisar os moradores da região do Barigui sobre enchentes na região. O aluno Raul Guedes Carlesse, ganhou uma bolsa de estudos integral para desenvolver um projeto científico em uma das maiores Universidades do mundo, Harvard. 

 

No quadro "notas de serviço", um dos destaques foi o anuncio das propostas da reforma da previdência dos servidores públicos do Paraná. Com a mudança, a idade mínima e tempo de contribuição aumentam, assim como a alíquota paga pelos servidores.

 

A matéria do aluno Luis Gustavo foi outro assunto de destaque. A assembleia nacional dos jornalistas, que ocorreu na última quinta-feira (21), discutiu o rumo sobre a medida provisória verde e amarela, que desregulamenta algumas profissões, dentre elas o jornalismo.

 

O Uninter Informa é exibido ao vivo toda sexta-feira, às 18h10, pela radioweb Uninter, e na live do Facebook na página do curso de Jornalismo. Os programas anteriores podem ser conferidos no canal no Mixcloud. Ouça na íntegra o programa no player abaixo.

 

Foto: Pixabay

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Radioweb Uninter
00:00 / 00:00

Este site foi criado em 2017 pelo curso de Bacharelado em Jornalismo do Centro Universitário Internacional.

A reprodução integral ou de parte do conteúdo é permitida desde que citada a fonte, incluindo o nome do autor e do site.

Política de privacidade