top of page

“Toda noite estarei lá” aborda a luta por igualdade de direitos

Autor: Kevin Wilian - Especial para a CNU

Dirigido por Suellen Vasconcelos e Tati Franklin, “Toda noite estarei lá” acompanha a história de uma cabeleira transexual e sua luta por igualdade de direitos. O filme acompanha a batalha judicial de Mel Rosário e faz um apelo à reflexão sobre a discriminação na busca por um futuro mais justo e um mundo menos intolerante. A produção levanta questões de extrema importância sobre a necessidade de se combater a discriminação, destacando luta por direitos da comunidade LGBTQIA+, que ainda são negados em diversos lugares.


O filme inicia com ela impedida de frequentar a igreja do seu bairro, porém Mel é uma mulher determinada e de muita fé e não desiste da vontade de retornar ao culto. Todas as noites, ela vai até o local com um cartaz em mãos trazendo uma mensagem diferente, na expectativa de poder voltar a frequentar a igreja. Uma passagem de tempo é iniciada em 2017, quando o governo do Brasil passava por uma enorme crise após o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e a polaridade política vivida entre direita e esquerda. O filme avança para o período de instabilidade mundial com o início da pandemia em 2020 e a insegurança do que poderia acontecer.


O documentário tinha o objetivo de criar um diálogo aberto e honesto sobre questões de identidade, igualdade e liberdade religiosa. Para isso, foi fundamental que a história não falasse apenas de Mel, mas também fosse construída uma narrativa maior em torno dela. É por meio do olhar e do posicionamento da figura central do documentário que as realizadoras esperam promover diálogos e inspirar mudanças sociais.


A atriz principal e as diretoras foram premiadas pelo Olhar de Cinema nas categorias de Melhor Atuação e Melhor Direção, respectivamente. A premiação

completa pode ser conferida neste link.


A Uninter é uma das patrocinadoras do festival, e a Central de Notícias Uninter (CNU) fez a cobertura de todos os dias do evento. Confira todas as matérias neste link.

4 visualizações

Comments


bottom of page