top of page

Providências: estudante de jornalismo escreve livro sobre favela do Rio de Janeiro


A estudante de jornalismo da Uninter Patricia Gaudêncio escreveu um livro-reportagem sobre o Morro da Providência, no Rio de Janeiro.

Carioca, aos 47 anos está terminando o curso de Jornalismo, que segundo ela, era um sonho que pode ser realizado após a pandemia.


Em conversa com a Agência Mediação, a estudante falou sobre a sua experiência durante a produção do livro. Com o título "Providências", a produção busca contar o lado não mostrado das favelas. A escritora conta que conversou com diversos projetos sociais em busca de trazer um outro olhar do que acontece dentro da comunidade.


"O meu objetivo é mostrar às pessoas um outro olhar, o que acontece dentro de uma favela, quem é o favelado e qual o seu perfil", revela Patricia.


A recepção e a boa vontade das fontes em querer compartilhar suas histórias marcou positivamente a autora.


Por outro lado, o tempo foi um dos maiores desafios durante a produção, já que seu livro é também o seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). A inspiração para a escrita veio também dentro do próprio curso. Foi escrevendo para o Marco Zero, projeto de extensão da Uninter, que Patricia se aproximou dos projetos sociais do Morro da Providência.


"Aquele primeiro contato me deixou muito impressionada com a história das pessoas, e isso me inspirou a querer me aprofundar naquelas histórias", completou a jornalista.


A escolha pelo Morro da Providência passou muito pelo contexto histórico, já que esse foi o primeiro morro a ser apelidado como favela.


Patricia Gaudêncio com o Morro da Providência ao fundo


A dedicatória


A forma que Patricia encontrou de homenagear seu filho foi na dedicatória do livro. Para ela, Pedro Gaudêncio, hoje com 19 anos, teve uma participação mais do que especial durante todo o processo. "Ele sempre me apoiou muito, dizendo que ia dar certo. Durante a produção, foi quem me deu apoio moral, por isso resolvi escrever essa dedicatória", completou a escritora.


A formanda em jornalismo terminou a entrevista dizendo o que os leitores encontrarão em seu livro: "O objetivo é mudar a visão das pessoas sobre a favela, para que possam conhecer o outro lado, fazer uma reflexão. Meu desejo é mudar o olhar das pessoas através dessas histórias contadas no livro."


O livro "Providências" terá seu lançamento oficial no dia 20 de abril no Museu de Arte do Rio de Janeiro.



40 visualizações

Comments


bottom of page