Plural publica reportagens de universitários



O Jornal Plural realizou no começo do ano uma parceria com faculdades de jornalismo de Curitiba e Ponta Grossa. Com a parceria, os estudantes universitários puderam publicar no portal as suas produções acadêmicas.


A seleção do material foi feita em parceria com os professores dos cursos. No caso da Uninter, os professores Alexsandro Ribeiro e Guilherme Carvalho entraram em contato com os alunos e depois do envio das produções, a equipe do Plural realizou a seleção.


Rogerio Galindo, um dos fundadores do Jornal Plural, conta como surgiu a ideia para a parceria. "Criamos neste ano o Festival do Jornalismo Universitário e convidamos as principais faculdades de jornalismo a participar. A Uninter foi uma das primeiras a aceitar a proposta e uma das que mais mandou projetos interessantes. A ideia é dar visibilidade para trabalhos importantes feitos por estudantes e que muitas vezes ficam escondidos dos olhos do público. Deu muito certo. Vieram ótimas matérias e a resposta do público foi excelente", comenta.


Ele conta também quais foram os critérios usados na escolha do material. "Queríamos textos principalmente que tratassem de questões sociais relevantes. A pauta, se for boa, na minha opinião, é mais de metade do trabalho. Claro que o trabalho de apuração e o texto também contam", explica ele. "Entramos em contato com muitos alunos, a maioria demonstrou interesse em participar", destaca o jornalista.


5 reportagens da Uninter


Da Uninter cinco estudantes tiveram os trabalhos realizados no Projeto Laboratorial da UTA Inovação em Jornalismo selecionados. Fátima de Souza Rocha, Mônica Oliveira, Gercika Lisboa, Cristiane Inácio e Carla Taíssa tiveram suas reportagens de dados publicadas no portal.


Mônica Oliveira, uma das estudantes da Uninter selecionadas, conta como é ter seu material publicado em um veículo como o Plural. "É satisfatório. Saber que uma matéria que você fez no interior da Bahia está sendo publicada em um jornal no Paraná, o Plural, é um privilégio. A matéria fala sobre câncer de pele. Escolhi esse tema para realizar um desejo do meu pai (ele faleceu em 2019, vítima de câncer de pele, que evoluiu para metástase no sistema linfático), ele dizia que “quando ficasse bom” faria palestras para alertar as pessoas sobre a doença e as formas de prevenção. Sinto que estou fazendo um pouco da vontade dele. Fico emocionada", comenta Oliveira.


Outra estudante da Uninter, Fátima de Souza, também comenta sobre a experiência de participar do Festival. "Como estudante de jornalismo é muito gratificante ter uma matéria publicada por um jornal bem conceituado como o Plural. Dessa forma pude saber que estou colocando em prática os conhecimentos adquiridos no curso de jornalismo, da maneira correta. É uma

experiência muito boa", conta a estudante. As produções das estudantes da Uninter foram realizadas no projeto laboratorial Inovações em Jornalismo, que resulta na produção e reportagem a partir de jornalismo de dados.


Ao todo foram publicados no Jornal Plural mais de dez produções, selecionadas entre diferentes categorias como Jornalismo de Dados e Livro-Reportagem. Entre as instituições, participaram a Universidade Federal do Paraná, Centro Universitário Internacional - Uninter, Universidade Positivo e a Universidade Estadual de Ponta Grossa. Segundo Rogério Galindo, a ideia é que o Festival de Jornalismo Universitário seja anual, com as produções sendo publicadas no portal durante o mês de janeiro.


Sobre o Plural


O Plural é um jornal de Curitiba fundado em 2019 por um grupo de jornalistas, que se dispõe a fazer jornalismo local de qualidade, cobrindo a cidade, política e cultura. Exclusivamente on-line, o jornal não tem pay wall, e é mantido por anúncios e, principalmente, por assinantes que apoiam o projeto com contribuições mensais.


Confira as produções das estudantes da Uninter:


1. Brasil, terra da depressão - Carla Taíssa

2. Brasil ainda enfrenta fantasma do analfabetismo em pleno século 21 - Fátima de Souza Rocha

3. O câncer mais comum do Brasil - Monica Oliveira

4. Depressão é uma doença perigosa, mas tem tratamento - Gercika Finger Lisboa

5. Quedas em casa são risco para idosos - Cristiane Inácio


Créditos da foto: PrintScreen do portal

Este site foi criado em 2017 pelo curso de Bacharelado em Jornalismo do Centro Universitário Internacional.

A reprodução integral ou de parte do conteúdo é permitida desde que citada a fonte, incluindo o nome do autor e do site.

Política de privacidade