top of page

Perfil: O universo da comunicação esportiva e o empreendedorismo


Formado em Jornalismo pela Uninter, Willian Gomes Preces é o fundador da agência de marketing esportivo K10. Apaixonado por futebol desde pequeno, iniciou a faculdade para falar do esporte e em um trabalho feito em sala de aula, criou essa empresa que é sua fonte de renda e ajuda vários times iniciantes.


Em entrevista para a agência Mediação, ele recordou sua trajetória profissional. Confira a entrevista completa:


Como surgiu a agência K10?

Mesmo sem ter reparado, a agência surgiu quando eu tinha 10 anos. Eu criava campeonatos de futebol, cuidava do uniforme do time da rua, convocava os jogadores e corria atrás de patrocinadores. Mas a ideia mesmo surgiu em sala de aula, o professor pediu para os alunos criarem um produto digital e eu criei uma agência de marketing esportivo e denominei ela de K10.


Como foi o inicio da sua carreira?

Eu comecei a ver as oportunidades do mercado como: vestuário, criar eventos esportivos, cuidar de redes sociais, criação de escudos para alguns times e acabei nichando para o futebol amador. Sempre com um profissionalismo e excelência, eu e minha equipe, repercutimos o nosso trabalho. Então a partir disso, a agência K10 começou a ganhar espaço no mercado, e os times começaram a gostar do nosso serviço e produto.


Como surgiu sua vontade de estudar Jornalismo?

Essa minha vontade surgiu quando eu trabalhava no Show de Fábrica e só falava de futebol. Meu amigo, então, olhou para mim e falou: "William. porque você não vai trabalhar falando de futebol?". Olhei a grade de Jornalismo, fiz o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) e consegui uma bolsa de estudos na Uninter. Dentro do curso de jornalismo, eu fui puxando para o jornalismo esportivo. Dentro desta área, comecei a gostar do marketing esportivo. Mas no geral, a vontade de estudar jornalismo surgiu porque eu queria falar de futebol.


Profissionalmente, você já conseguiu chegar onde queria?

Não chegamos e nem podemos chegar, sempre tem o que melhorar. Este ano, mesmo começamos a trabalhar assessorando jogadores de futebol em parceria com a Winners. Hoje, eu e minha equipe queremos desbravar mais o mercado de agenciamento de jogadores. Temos como objetivo ajudar eles a saírem do clube que estão hoje para um clube melhor.


Dê uma dica para quem está interessado em iniciar nesta área.

A dica que dou é nunca desistir, essa é a frase que carrego comigo. Você precisa sempre acreditar no seu planejamento e no que você busca para conseguir realizá-lo.

20 visualizações

Comentarios


bottom of page