top of page

Oficina sobre Reportagem Investigativa é realizada para alunos da Uninter e UFPR





No dia 22 de junho, os jornalistas Mauri König, professor da Uninter, e José Carlos Fernandes, professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR), compartilharam com estudantes das duas instituições um pouco de suas experiências profissionais.


Os jornalistas destacaram o quanto os "métodos de investigação jornalística" exigem uma atuação ética e responsável. Além disso, é preciso considerar que é necessário um planejamento das ações, que normalmente se dá de forma coletiva.


"O jornalismo é dessas profissões capazes de impactar a vida de milhares ou milhões de pessoas. Então, não há melhor teste ético para o jornalista do que o exercício de alteridade, colocando-se no lugar do outro para medir qual impacto aquela informação terá na sua vida. Se o resultado for ruim para o público, com informações duvidosas ou métodos questionáveis de apuração e abordagem, melhor rever os princípios que o norteiam na profissão", afirma König.


O bate-papo aconteceu no Polo Garcez, em Curitiba-PR e foi uma oportunidade para os profissionais reviverem casos que demonstram a importância da valorização da narrativa ao realizar uma investigação. A conversa também demonstrou o quanto o que vivemos reflete em nosso direcionamento profissional.


Os alunos trouxeram suas dúvidas para este encontro que uniu dois grandes nomes do meio jornalístico e que enriquecem diariamente os métodos jornalísticos e inspiram a evolução nos meios de pesquisa e investigação.

8 visualizações

Comments


bottom of page