“O cinema pra mim é tudo”

A equatoriana Maria Campaña é documentarista e programadora de cinema. Convidada do Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba e contou pra Agência Mediação um pouco da sua paixão pela sétima arte.



Qual a importância do cinema na sua vida?

Maria: O cinema é muito importante para mim, por que sou programadora, então é a fonte da minha vida, inspiração e renda, o cinema pra mim é tudo.

O que o cinema representa para você?


Maria: Uma porta e janela para ver o mundo, enxergar os outros, um espelho para me reconhecer e criar ponte para com outras pessoas, minha ancora nesse mundo.

Qual melhor filme que você já assistiu?

Maria: É uma pergunta muito difícil a responder mais tem um filme que eu volto sempre, um filme Mexicano de Julien Magnat “Visões de um crime”, um filme que conta a história de um homem que acha que tem o poder de matar as mulheres que estão perto, mas na verdade, ele não tem esse poder, e ele vive nessa frustração. É um personagem muito especial pois me reconheço um pouco nele.

Qual a importância de um festival como este?

Maria: Eu acho que o um festival como o Olhar de Cinema é particularmente importante por que ele se foca em tipos de filmes que geralmente não temos acesso. É um festival com uma proposta muita ousada.


Entrevista e foto: André Ribeiro

3 visualizações

Este site foi criado em 2017 pelo curso de Bacharelado em Jornalismo do Centro Universitário Internacional.

A reprodução integral ou de parte do conteúdo é permitida desde que citada a fonte, incluindo o nome do autor e do site.

Política de privacidade