Mediação fecha 2019 com quase 300 postagens


O Mediação, portal do curso de jornalismo da Uninter fechou o ano de 2019 com 285 publicações. Dentre os conteúdos postados estão materiais audiovisuais, entrevistas, artigos de opinião, matérias, reportagens e trabalhos realizados pelos estudantes nas modalidades presencial, semipresencial e a distância. O site recebeu mais de 8 mil visitas e 4 mil visualizações. O " Fala Jornalista", Jornalismo de Dados e Marco Zero foram as tags mais clicadas, sendo que o maior público do site está no Brasil e Estados Unidos, seguido por Alemanha, Finlândia e Portugual. As produções foram realizadas em caráter laboratorial (disciplinar) e como extensão. As atividades também foram desenvolvidas pelos estagiários da agência.

Mantido pela agência experimental, o Mediação também realizou a cobertura de eventos especiais, como o Festival de Teatro de Curitiba. Ao todo foram publicadas 49 matérias em um hotsite específico, além das publicações realizadas no Instagram da agência, e transmissões ao vivo pela plataforma. Outro evento que recebeu cobertura da equipe foi o Olhar de Cinema, realizado também na capital paranaense. Foram publicadas 21 matérias no hotsite, acompanhadas de fotos e vídeos.

O portal também publicou a cobertura dos três dias da Semana Acadêmica de Comunicação da Uninter. Foram postadas matérias e imagens das palestras e oficinas, além da cobertura em tempo real no Instagram.

Outra atividade desenvolvida pela agência, em parceria com o Uninter Notícias, foi a cobertura do XV Encontro de Iniciação Cientifica da Uninter (ENFOC). O evento realizado em novembro foi acompanhado, através de atualizações ao vivo no Instagram da agência, fotos postadas em tempo real no Facebook e entrevistas com palestrantes.

Prêmios

Dentre os resultados marcantes obtidos no ano passado estão alguns prêmios. Dentre eles, a conquista dos primeiros lugares do jornal mural Comunicarte e do Blog da Revista F, no prêmio Expocom, na etapa regional sul. No prêmio Sangue Novo, que aconteceu no mês de novembro, a equipe foi vencedora nas categorias Jornal Laboratório Impresso e Projeto Produto Jornalístico Livre, com o Marco Zero e o aplicativo de realidade aumentada.

A professora Marcia Boroski, responsável pelo blog da Revista F, descreve o crescimento do projeto: “A Revista F ampliou e qualificou sua produção a partir da base construída ao longo dos anos. Nós conseguimos ter atualizações constantes do Blog, em média 2 posts por semana, além de produtos especiais para o veículo, como a série 'Retratos da Matriz'".

O professor Alexsandro Ribeiro, orientador do Marco Zero, destacou que a premiação é o reconhecimento ao trabalho dos alunos e dos professores envolvidos. “Eles pensam não apenas em dar voz e atuar na região central de Curitiba, mas também criando essa ponte entre a comunidade acadêmica e a população. Também fazendo seu principal papel, que é colaborando na formação dos alunos, na produção do jornal impresso”, diz.

Confira a seguir o balanço de cada veículo:

Uninter informa – O programa semanal de radiojornal apresentou 36 edições e 29 lives no facebook. Eduardo Igor, participante do projeto conta que acreditava que a organização no rádio era mais simples. “Tem todo um trabalho de produção, organização feito pelos alunos e professores, com muito profissionalismo, sempre pensando nos ouvintes, e isso me fez mudar a minha visão sobre o rádio”

Marco Zero – Criado em 2009, o jornal tem o objetivo de levar aos alunos a prática do dia a dia de uma redação impressa. O projeto conta com edições de periodicidade bimestral. Foram sete alunos que juntamente com o professor responsável, Alexsandro Ribeiro, escreveram as produções das três edições que foram produzidas em 2019.

Revista F – Este projeto trabalha com material jornalístico artísticos e reflexivo. Alguns exemplos são os ensaios fotográficos, charges, resenhas críticas, entre outros. A revista é publicada virtualmente em um site hospedeiro, onde ficam armazenadas todas as publicações. Foram duas edições postadas, com a participação de nove alunos. A aluna Maria Eduarda Biscotto, integrante do projeto da Revista F conta como é a criação e desenvolvimento da revista. “Participar do projeto da revista F é sempre enriquecedor. A criação é sempre muito divertida, produtiva, e a partir dela começamos de fato a produção. Tive o privilégio de participar de várias etapas ao longo de algumas edições, da pré-produção a diagramação, sou apaixonada em cada etapa, e ver ela pronta é uma sensação sem igual”.

Entreverbos É destinada a produção de reportagens multimídia. É dividida nas editorias, cidadania, cultura, esportes, comportamento, ciência e tecnologia, e educação. O projeto busca desenvolver nos alunos a habilidade de transcender apenas a produção do texto, mas elaborar materiais com diversas mídias juntas, como vídeo, foto, gráfico, áudio entre outros. A revista digital teve 11 materiais publicados no site da agência Mediação e contou com seis voluntários que atuaram presencialmente no projeto. Ao todo foram 31 produções realizadas.

Teju – Um telejornal que tem o objetivo do aprendizado prático na produção jornalística para a televisão. O projeto teve a participação presencial de cinco alunos, que produziram oito reportagens de profundidade para duas edições do telejornal. A participante Rhubia Ribeiro afirma a importância do projeto para seu aprendizado acadêmico. “Pude aprender, na prática elaborar pautas, fazer e editar reportagens. O projeto me fez sair do comum”. A professora Karine Moura, responsável pelo Teju, juntamente com o Professor Corradini, conta como foi o ano. “Foi o primeiro ano do Teju como projeto de extensão e a experiência foi muito produtiva. A equipe de voluntários se empenhou na construção de todo o processo de produção e, a maioria não tinha experiência com videojornalismo. Outro destaque foi poder trabalhar com as reportagens produzidas pelos alunos do EAD, o que trouxe dimensão nacional para o projeto mostrando histórias de diferentes regiões do Brasil, além de dar visibilidade para os trabalhos dos alunos do curso de jornalismo. O trabalho integrado com os alunos do presencial, do semi e do EAD foi uma experiência muito positiva”.

Brasil repórter – Programa telejornalistico no formato de grandes reportagens, onde o foco é abordar temas importantes e de relevância para a sociedade. O produto tem duração em média de 10 minutos. “É um projeto que tem uma importância muito grande. É um avanço na forma de produção de telejornalismo. Nós trabalhamos em profundidade fazendo uma grande reportagem, com temas atuais e locais, com interesse nacional, como o festival de teatro de Curitiba. Também grandes temas com olhar local, como a precarização do trabalho, e a campanha antivacinação. ” Afirma Karine Moura, professora responsável.

Programa Estúdio Cultura Digital - Um programa de rádio de duração média de uma hora, onde as duas voluntárias falam sobre os temas atuais do universo jovem, com uma linguagem dinâmica e que busca a informação e prestações de serviços. Foram publicadas 10 edições do projeto.

Nossa Rock - Programa de rádio que traz entrevistas com personagens da cena do rock curitibano. Produzido todas as quartas feiras as 18h e 30 min, com ênfase no debate sobre cultura underground. Ao todo foram 24 programas apresentados com diversos temas debatidos relacionados ao rock.

Comunicarte - Jornal mural produzido dentro das UTA´s do curso de jornalismo, pelos alunos das modalidades presencial, semi-presencial, e ensino a distância. Ao todo foram postados oito Comunicartes sendo dois produzidos pelos estudantes da modalidade presencial, dois pelos alunos da modalidade semi - presencial e quatro do EAD.

Artigo e Opinião - Trabalho produzido pelos alunos na UTA Contexto Sociocultural, onde os estudantes são estimulados a desenvolver seu lado critico jornalistico, com embasamento em um fato noticioso. Ao todo foram 22 trabalhos publicados no rotsite da agência.

Jornalismo de Dados - Projeto laboratorial que consiste em produção de matérias baseadas em dados na UTA de Tendências. Foram quatro trabalhos publicados no site da agência Mediação.

Fala jornalista - Quadro quinzenal produzido pelas estagiarias da agência, onde personalidades do jornalismo são convidadas a falar sobre suas experiencias na profissão, suas vivencias na época de faculdade e deixam conselhos aos estudantes do curso de jornalismo. Em 2019 foram 16 publicações da série.

Mais

O portal do Mediação é o canal de comunicação da agência de notícias do curso que leva o mesmo nome. A plataforma é gerenciada por estagiários e conta com o apoio de estudantes voluntários de peojetos de extensão e a orientação de professores do curso de Jornalismo da Uninter.

33 visualizações

Este site foi criado em 2017 pelo curso de Bacharelado em Jornalismo do Centro Universitário Internacional.

A reprodução integral ou de parte do conteúdo é permitida desde que citada a fonte, incluindo o nome do autor e do site.

Política de privacidade