"Jornalismo colabora para o desenvolvimento da sociedade", diz Regina Meister

19/07/2019

Regina Meister é comunicadora da Massa FM e tem 32 anos. Com 17 saiu de casa para fazer faculdade de jornalismo, o que a tornou uma mulher independente logo cedo. Discreta, não expõe muito sua vida pessoal nas redes sociais, mas acumula um grande carinho do público que a ouve no programa "Manhã da Massa". Ela conversou com nossa equipe e deu sua opinião sobre o atual jornalismo, e deixou um recado para os futuros jornalistas.

 

Por que o jornalismo?

Uma das profissões que mais colaboram para o desenvolvimento da sociedade, desde que atuada na sua essência e verdade.

 

Antes e depois do jornalismo: como a profissão te transformou?

Me deixou mais consciente do potencial que tenho de fazer a diferença.

 

Qual conselho você daria à Regina estudante de jornalismo?

Cerque-se de referências, de todos os tipos, abra sua visão para todas as opiniões, conceitos...etc.

 

Qual o desafio das faculdades de jornalismo hoje?

Sair da “caixinha”, inovar em meio à velocidade da informação e lidar com “fake news”.

 

O melhor da profissão:

Aprender todos os dias.

 

O pior da profissão:

Desvalorização no mercado.

 

Quem são os teus ídolos no jornalismo?

Boechat.

 

Qual a melhor reportagem?

Nenhuma em especial...rs

 

O que não pode faltar na mochila de um jornalista?

Vontade.

 

O melhor amigo do jornalista é…

Ele mesmo.

 

O jornalismo vai acabar?

Se o bom jornalismo acabar, a sociedade para e afunda.

 

Por que o jornalismo importa?

Para “desalienar” o ser humano.

 

Lugar de jornalista é…

Fora da caixinha.

 

Se não fosse jornalista seria

Psicóloga.

 

Um recado para os futuros jornalistas:

Jamais pensem que vocês aprenderam tudo, conhecimento, aprendizado, especialização nunca é demais.  

 

Foto: Arquivo pessoal

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Radioweb Uninter
00:00 / 00:00

Este site foi criado em 2017 pelo curso de Bacharelado em Jornalismo do Centro Universitário Internacional.

A reprodução integral ou de parte do conteúdo é permitida desde que citada a fonte, incluindo o nome do autor e do site.

Política de privacidade