Humor e desenho são utilizados para opinar e criticar questões sociais


Pryscila Vieira criou uma personagem que faz oposição a homens machistas. Créditos: foto cedida pela escritora

A charge, assim como outras linguagens iconográficas, tem a intenção de trazer a opinião sobre assuntos através dos traços de seus autores. Esses trabalhos retratam uma situação e tecem críticas sobre o que acontece na sociedade, sob as mais variadas óticas. Os chargistas apontam o humor como opção de debater e tratar temas que necessitam ser discutidos entre as pessoas, como o machismo, por exemplo. Saiba mais na reportagem feita por Ícaro Couto, para a revista EntreVerbos.

5 visualizações

Este site foi criado em 2017 pelo curso de Bacharelado em Jornalismo do Centro Universitário Internacional.

A reprodução integral ou de parte do conteúdo é permitida desde que citada a fonte, incluindo o nome do autor e do site.

Política de privacidade