Educação e comunicação para sobrevivência fora do país de origem

 

O Paraná tem ofertado cursos de ensino da língua portuguesa para imigrantes que entram no país. A iniciativa tomada por certas escolas vem trazendo um aprendizado da gramática, pronúncias e leis (principalmente as trabalhistas).

 

Em Curitiba, sírios e haitianos são os mais numerosos, segundo dados da Prefeitura da capital paranaense. Muitos desses refugiados chegaram a partir de 2013, devido aos conflitos na Síria. No caso dos haitianos, muitos ainda sofrem com efeitos do terremoto que devastou o país.

 

Clique aqui e confira na Entreverbos.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Documentário destaca histórias de profissionais do rádio

06/08/2020

1/1
Please reload

Radioweb Uninter
00:00 / 00:00
chamada.jpg
banner_site_.jpg

Este site foi criado em 2017 pelo curso de Bacharelado em Jornalismo do Centro Universitário Internacional.

A reprodução integral ou de parte do conteúdo é permitida desde que citada a fonte, incluindo o nome do autor e do site.

Política de privacidade