Livros artesanais resistem às novas tecnologias

Mesmo na era digital, do crescimento dos E-books, os livros tradicionais ainda resistem, pois há quem prefira folhear as páginas com as mãos. Uma editora de Curitiba, pensando nesse público, resolveu ir contra as tendências e inovou produzindo livros artesanais. No início, a proposta era produzir com tipos móveis, mas se tornou inviável. A partir de então, a editora começou a pesquisar novas formas de produzir até chegar à lisografia. A proposta também é estimular a produção de escritores locais. Saiba mais sobre como funciona a editora na matéria de Gabriel Mafra, para a revista EntreVerbos.

16 visualizações

Este site foi criado em 2017 pelo curso de Bacharelado em Jornalismo do Centro Universitário Internacional.

A reprodução integral ou de parte do conteúdo é permitida desde que citada a fonte, incluindo o nome do autor e do site.

Política de privacidade