MST: a luta diária pela busca de igualdade e respeito


(Crédito: Débora Renauer)

O Movimento Sem Terra (MST), está presente em 24 estados, lutando por respeito, pelos direitos sociais e uma vida digna. As famílias assentadas ocupam espaços público ou privado, os quais não são utilizados para fins sociais, com intuito de que seja designada a Reforma Agrária.

Um exemplo é o acampamento em Rio Bonito do Iguaçu, conhecido como "Herdeiros da Terra", que é ocupado desde 1 de maio de 2014. Eles vivem em comunidade, com regras estabelecidas por um coordenador, ajudando a manter a organização.

Confira aqui a reportagem de Débora Renauer, para o Blog da Revista F.

19 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Uninter Informa publica primeira edição de 2021

A primeira edição do Uninter Informa está publicada. O trabalho desenvolvido por alunos do projeto de extensão traz 4 reportagens. Destaque para o debate acerca de Lei da Segurança Nacional que pode s

Este site foi criado em 2017 pelo curso de Bacharelado em Jornalismo do Centro Universitário Internacional.

A reprodução integral ou de parte do conteúdo é permitida desde que citada a fonte, incluindo o nome do autor e do site.

Política de privacidade