Alunos surdos enfrentam obstáculos na educação


(Crédito: Nayara Rosolen)

O ambiente escolar é propício para descobrirmos o mundo ao nosso redor. Crianças e jovens têm diferentes modos de aprendizado, pois a formação educacional e alfabetização se dão de maneira única para cada indivíduo, tornando esse processo singular. Quando se trata do ensino para alunos surdos, principalmente em escolas de ensino público regular, é preciso que haja mecanismos de acessibilidade, pelos quais crianças e adolescentes, com e sem a deficiência, interajam e participem das mesmas atividades.

No Brasil, a comunidade dos surdos possui mais de nove milhões de pessoas, segundo o Censo realizado em 2010. No ano de 2002, a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) foi reconhecida como meio legal de comunicação e expressão, e desde de 2005, as escolas devem dispor de um intérprete de libras.

Reportagem de: Juliane Lima e Nayara Roselen

Leia essa e outras reportagens na revista EntreVerbos

Este site foi criado em 2017 pelo curso de Bacharelado em Jornalismo do Centro Universitário Internacional.

A reprodução integral ou de parte do conteúdo é permitida desde que citada a fonte, incluindo o nome do autor e do site.

Política de privacidade