Canto gregoriano: uma arte que sobreviveu aos séculos

O Canto Gregoriano surgiu há vários séculos e carrega nas suas raízes os cantos das antigas sinagogas Judaicas. Apesar das dificuldades, o estilo ainda se mantém vivo. No Paraná, o cantor Juliano Ravanello e sua banda trabalharam duro para cumprir seu objetivo: aproximar as pessoas da beleza infinita de Deus, por meio do Canto Gregoriano.

Confira na íntegra a reportagem de Icaro Couto, publicada na revista EntreVerbos, clicando aqui.

Juliano Ravanello se apresentando acompanhado de seu parceiro de banda, Fernando Bittencourt (Crédito: Icaro Couto)

Este site foi criado em 2017 pelo curso de Bacharelado em Jornalismo do Centro Universitário Internacional.

A reprodução integral ou de parte do conteúdo é permitida desde que citada a fonte, incluindo o nome do autor e do site.

Política de privacidade