As cores na memória: história de superação de Ariadne após perder a visão

21/03/2018

Quando tinha nove anos, um problema no nervo óptico começou a mudar a vida de Ariadne Carli. Foi durante a festa de aniversário de uma amiga que ela percebeu que havia algo errado em seu olho direito. No hospital, a jovem descobriu que tinha perdido parte de sua visão.

 

No começo precisou da ajuda de seus pais e da irmã para auxiliarem em tudo. Com o tempo foi superando as dificuldades e desenvolvendo os outros sentidos, como o tato e a audição.  

 

Confira essa história de superação na reportagem de Henrique Gigel, no blog da revista f.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Radioweb Uninter
00:00 / 00:00

Este site foi criado em 2017 pelo curso de Bacharelado em Jornalismo do Centro Universitário Internacional.

A reprodução integral ou de parte do conteúdo é permitida desde que citada a fonte, incluindo o nome do autor e do site.

Política de privacidade