Debate sobre tendências de mercado da comunicação marca início das aulas da Uninter

Profissionais de Jornalismo e Publicidade dividiram suas experiências com os alunos  

 

Estudantes prestigiando aula Magna. (Crédito: Kevin Capobianco)

 

 

Profissionais da área de comunicação debateram tendências do mercado com os estudantes de jornalismo e publicidade e propaganda da Uninter. A atividade intitulada como aula magna, marcou o início das aulas do semestre. O evento ocorreu na última sexta-feira (23), no auditório do campus Tiradentes, em Curitiba e foi transmitido via Facebook, manhã e noite.

 

(Confira mais imagens abaixo)

 

Pela manhã palestraram a jornalista Marcela Mendes e o publicitário Carlos Alves, ambos trabalham com branded content na Gazeta do Povo. Uma das questões apontadas por eles é que hoje em dia o profissional precisa ser multidisciplinar, entender de negócio, criação, jornalismo e publicidade.

 

Para Mendes, a visão do profissional tradicional, que fica numa redação escrevendo matéria, com chefe está deixando de existir. Existe ainda quem consiga fazer a apuração de reportagem, investigação em outros canais e meios convencionais. “Hoje o assessor de imprensa está pensando muito menos em fazer relise para vender, oferecer para o veículo e pensando muito mais no conteúdo que essa empresa pode gerar como fato social", diz ela.

 

No branded content existe uma empresa com a intenção de agregar um fato social a sua marca. Como é um conteúdo patrocinado, tem-se que manter uma linha de interesse para quem está lendo sem que se interrompa a experiência do usuário na hora que ele está consumindo, explica Alves. “Então a gente tenta criar sempre uma simbiose, um mix legal entre essas duas questões. Oferecer uma experiência legal para quem está nos ouvindo, lendo e, ao mesmo tempo, deixar claro que a marca está patrocinando aquilo, sem que aquilo seja chato, seja enfadonho, esteja no meio no conteúdo”, complementa.

 

Para o estudante de jornalismo Maicon Sutil, o assunto foi importante pois mostrou como os profissionais de jornalismo e publicidade estão trabalhando unidos. Para ele, mais do que uma concorrência entre eles, há uma junção dos dois nos trabalhos desenvolvidos.

 

No período da noite, a aula magna contou com a presença da jornalista Carolina Gomes, da Band News, e do publicitário Marcos Giovanella, do Queen Content. Eles abordaram assuntos sobre o que o mercado de trabalho está exigindo dos profissionais das áreas atualmente.

 

Para Gomes, o jornalista tem que ter a capacidade de ouvir e prestar atenção naquilo que está sendo trazido pela equipe. “Agilidade é essencial e em algum momento será cobrado além de muita responsabilidade”, conclui a jornalista.    

 

Giovanella defendeu a formação do profissional, não apenas a universitária, mas também o estudante deve sempre buscar se aperfeiçoar e estar ligado a tudo que acontece no mundo.

 

O estudante de jornalismo Wiliam Ricardo Lenerneier, que estava presente na aula Magna, acha de profunda importância oficinas no meio acadêmico para atualizar os alunos no que está acontecendo no mercado de trabalho. “Quando vem um profissional tanto de publicidade como de jornalismo, que são áreas que se esbarram e se complementam, nós ficamos com uma visão e com mais esperança de que seremos absorvidos pelo mercado de trabalho”, disse o aluno.

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

Memórias do front: documentário retrata situação dos "pracinhas"

24/06/2020

1/1
Please reload

Radioweb Uninter
00:00 / 00:00
chamada.jpg
banner_site_.jpg
eFlyer V Semi (Final).png

Este site foi criado em 2017 pelo curso de Bacharelado em Jornalismo do Centro Universitário Internacional.

A reprodução integral ou de parte do conteúdo é permitida desde que citada a fonte, incluindo o nome do autor e do site.

Política de privacidade