Mídia pública é tema de debate e lançamento de livro


(Crédito: Kevin Capobianco)

Auditório cheio de jornalistas, amigos e estudantes, este foi o cenário do debate sobre mídia pública promovido pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná (Sindijor PR). Realizado na última terça-feira (14), no auditório da entidade, o evento contou com os convidados Marcelo Engel Bronosky e Guilherme Carvalho, professor da Uninter. A mediação ficou sob a responsabilidade de Silvia Valim, representante do coletivo "Chega Junto", que reúne professores e estudantes de jornalismo no Paraná.

O objetivo da iniciativa foi propor uma reflexão sobre como a comunicação se dá no Brasil, e em relação a isso, como a mídia pública se afasta de princípio do interesse público. Dentre os principais problemas destas emissoras está o uso político-partidário.

Uma das questões que moveu o debate foi o uso da mídia pública para promover governantes e governos, sendo entregue a ideologias, atuando como uma assessoria de imprensa. Esta questão reforça uma lógica que favorece as emissoras privadas, modelo hegemônico que trata a audiência como uma forma de lucrar.

“Somos reflexos da sociedade, a mídia que temos é resultado do que somos”, afirmou Bronosky, professor de mestrado em jornalismo Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).

Na sequência foi realizado o lançamento do livro “O espaço da mídia pública no Brasil”, escrito por Carvalho. A obra problematiza a questão por meio de dados atuais.

Este site foi criado em 2017 pelo curso de Bacharelado em Jornalismo do Centro Universitário Internacional.

A reprodução integral ou de parte do conteúdo é permitida desde que citada a fonte, incluindo o nome do autor e do site.

Política de privacidade