Alunos visitam redação e conhecem as mudanças na Gazeta do Povo


Alunos de jornalismo com as últimas edições impressas diárias de Curitiba

No dia 4 de maio, a turma de Jornalismo web da manhã, da Uninter, foi à Gazeta do Povo para conhecer as mudanças que o maior jornal do Paraná está promovendo. A conversa resultará em uma matéria especial, que será publicada na Revista Entreverbos, da Uninter.

Em entrevista com o editor de Branded Content, Ricardo Sabbag, percebemos que o jornal Gazeta do Povo vai deixar de lado o jornal impresso (mesmo ainda publicano uma edição impressa por semana), investindo em jornalismo web, no conhecido mobile first – tudo primeiro para mídias móveis, principalmente celular. Além disso, quer reforçar sua abrangência nacional e inovar as formas de passar as informações.

Desta forma, a Gazeta do Povo, um jornal muito relevante e conhecido no estado do Paraná, não quer mais apenas ser um jornal regional e sim nacional, claro que depois da repercussão da “Operação Lava Jato” os olhos do Brasil se voltaram para o Jornal da Capital.

A mudança será sentida aos poucos. Primeiro o site já foi modificado, estando mais leve, com menos chamadas. Depois, a partir de 30 de junho, deixa de circular diariamente, ficando apenas com a edição do fim de semana.

Com isso a Gazeta quer diminuir alguns gastos e se adaptar a um novo modelo, mais viável economicamente. Demitiu, e ainda deve demitir, funcionários que há muito tempo trabalhavam ali. É o caso de diagramadores, que foram todos mandados embora. Mudará de endereço para um espaço menor, de dois andares em um prédio no bairro no Tarumã. Segundo Sabbag a mudança de local deve ocorrer entre os meses de junho e julho.

Texto de Henrique Luis Gigel, com edição de Daniela Neves

28 visualizações

Este site foi criado em 2017 pelo curso de Bacharelado em Jornalismo do Centro Universitário Internacional.

A reprodução integral ou de parte do conteúdo é permitida desde que citada a fonte, incluindo o nome do autor e do site.

Política de privacidade