• Equipe Mediação

Helena Ignez é homenageada em "A Mulher de Luz Própria"

O documentário de Sinai Sganzerla, filha de Helena e do diretor Rogério Sganzerla, mostra a trajetória da mãe no cinema brasileiro.





A trajetória de uma mulher nordestina e brasileira com muitos sonhos na bagagem é o enredo documentário “A Mulher de Luz Própria”, de Sinai Sganzerla. O filme uma homenagem da filha para a sua mãe, a cineasta e atriz baiana Helena Ignez, uma das principais personalidades femininas do cinema brasileiro. A exibição do filme foi um dos destaques do Olhar de Cinema Festival Internacional de Curitiba e contou com a presença de mãe e filha.

Helena que foi casada com o diretor de cinema Rogério Sganzerla, narra sua própria história trazendo ao público a realidade do cinema nacional, desde a década de 1960 até os dias de hoje. A atriz iniciou sua carreira com Glauber Rocha, no curta-metragem Pátio (1959) e atuou nos filmes A Mulher de Todos e Bandido da Luz Vermelha, de Rogério Sganzerla, e O Padre e a Moça, de Joaquim Pedro de Andrade.


Texto e foto: André Ribeiro

84 visualizações
Please reload

Radioweb Uninter
00:00 / 00:00

Este site foi criado em 2017 pelo curso de Bacharelado em Jornalismo do Centro Universitário Internacional.

A reprodução integral ou de parte do conteúdo é permitida desde que citada a fonte, incluindo o nome do autor e do site.

Política de privacidade