• Equipe Mediação

Festival do “pague quanto vale”

Já imaginou assistir a um espetáculo e, depois, pagar o valor que achar justo pela apresentação? Essa é uma das possibilidades que o Festival de Teatro de Curitiba oferece. No “Pague quanto vale” você escolhe o espetáculo que segue essa proposta, retira o ingresso no local e assiste ao evento. No final do espetáculo, você paga um valor, baseado na avaliação que fez da apresentação.




O evento deste ano conta com 196 espetáculos com tal forma de pagamento na programação. E não é só peça teatral. Com a mesma proposta, você consegue assistir espetáculos de danças, participar de oficinas e muito mais.

O sistema de flexibilidade de pagamento dá autonomia ao espectador, onde a avaliação que ele faz da apresentação, é o fator determinante para a contribuição. Além de levar a cultura sem comprometer o orçamento, essa modalidade desperta o nosso lado crítico de avaliação da arte e do valor do trabalho do próximo.

Em sua maioria, as apresentações são realizadas em locais abertos, como praças e ruas. Porém, ela também é realizada em escolas, universidades, teatros, hospitais, entre outros. Para quem vive desse sistema, como os artistas de rua, o “Pague quanto vale” mostra um panorama do interesse das pessoas à cultura, em que as contribuições se tornam o incentivo para que a arte continue.

As apresentações do “Pague quanto vale” estão sujeitas ao limite de vagas, com exceção dos lugares abertos. Para não perder nenhum espetáculo deste formato, confira aqui os próximas atrações disponíveis.


Texto: Jhonatan Giovanini

0 visualização
Please reload

Memórias do front: documentário retrata situação dos "pracinhas"

24/06/2020

1/1
Please reload

Radioweb Uninter
00:00 / 00:00
chamada.jpg
banner_site_.jpg
eFlyer V Semi (Final).png

Este site foi criado em 2017 pelo curso de Bacharelado em Jornalismo do Centro Universitário Internacional.

A reprodução integral ou de parte do conteúdo é permitida desde que citada a fonte, incluindo o nome do autor e do site.

Política de privacidade