• Equipe Mediação

Festival das múltiplas línguas traz espetáculos internacionais

Como a arte não tem fronteiras, peças internacionais desembarcaram nos palcos do Festival de Curitiba para completar a programação da 28ª edição do evento. Uma delas é o espetáculo franco-uruguaio Tráfico, monólogo obre um jovem garoto de programa da periferia de uma cidade latino-americana que vai aos poucos se envolvendo no mundo dos assassinos contratados.




A autoficção do dramaturgo Sergio Blanco narra as aventuras de Alex, seus encontros e desentendimentos com seus clientes e especialmente a relação com um cliente que ele chama de "o francês" e que aos poucos o leva para dentro de uma complexa história manchada por crimes. A encenação pode ser acompanhada com legendas.

Quem quiser mais experiências de teatros em língua estrangeira, vai encontrar no festival, sobretudo na mostra Fringe, atrações de companhias da Argentina, Chile, Equador, Uruguai e Portugal com várias apresentações no sistema Pague Quanto Vale e gratuitas.

Além do espetáculo Tráfico, o festival recebe nos dias de evento opções estrangeiras como a produção infantil Locas Margaritas, da cidade de Mendonza, na Argentina. Nela é narrada a história de um cão que tem uma margarida cauda.

E um teatro em miniatura, pode? A peça Ruby Box Teatro a La Carta, de Santiago do Chile, tem como enredo uma viagem de pequenas poesias sobre maletas. Acesse o site do festival e corra que ainda dá tempo de assistir muita coisa.


Texto: Equipe Mediação

3 visualizações
Please reload

Radioweb Uninter
00:00 / 00:00

Este site foi criado em 2017 pelo curso de Bacharelado em Jornalismo do Centro Universitário Internacional.

A reprodução integral ou de parte do conteúdo é permitida desde que citada a fonte, incluindo o nome do autor e do site.

Política de privacidade